Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Estado do Paraná

Espécies Ameaçadas de Extinção

O processo de extinção está relacionado ao desaparecimento de espécies ou grupos de espécies em um determinado ambiente ou ecossistema. Semelhante ao surgimento de novas espécies, a extinção é um evento natural: espécies surgem por meio de eventos de especiação e desaparecem devido a eventos de extinção.
Ao longo do tempo, porém, o homem vem acelerando muito a taxa de extinção de espécies, a ponto de ter-se tornado, atualmente, o principal agente do processo de extinção. Atualmente, as principais causas de extinção são a degradação e a fragmentação de ambientes naturais. Estes fatores reduzem o total de habitats disponíveis às espécies e aumentam o grau de isolamento entre suas populações, diminuindo o fluxo gênico entre estas, o que pode acarretar perdas de variabilidade genética e, eventualmente, a extinção de espécies. Outra causa importante que leva espécies à extinção é a introdução de espécies exóticas, ou seja, aquelas que são levadas para além dos limites de sua área de ocorrência original. 
A conservação dos ecossistemas naturais, sua flora, fauna e os microrganismos, garante a sustentabilidade dos recursos naturais e permite a manutenção de vários serviços essenciais à manutenção da biodiversidade brasileira para as gerações presentes e futuras (MMA, 2010).

 

Livro Vermelho da Fauna Ameaçada

capa
Capa Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Estado do Paraná

Este Livro envolve a análise do status das espécies de todos os grupos de vertebrados, incluindo peixes e anfíbios - que não estavam presentes na versão anterior. No caso dos invertebrados, no entanto, apenas a Ordem Lepidoptera e parte de Hymenoptera (Apoidea) foram incluídas em função da disponibilidade de dados pertinentes às análises propostas, bem como de especialistas dispostos a executá-las, já que o convite para a participação no esforço de elaboração dessa obra foi estendido a pesquisadores de outros grupos, como Coleoptera, Diptera e Homoptera (Insecta), Crustacea, Miriapoda, Arachnida, Mollusca, Annelida, Echinodermata, Hydrozoa e Bryozoa, além de Ascidiacea. Cabe salientar que todos esses grupos possuem especialistas no Paraná e, portanto, espera-se que no futuro passem a enriquecer esforços para a conservação da fauna desse Estado.

Assim, foram aqui relacionadas 163 espécies ameaçadas para o Paraná, distribuídas em quatro categorias – RE, CR, EN e VU, sendo 69 aves, 32 mamíferos, 22 peixes, 18 abelhas, 15 lepidópteros, quatro anfíbios e três répteis (Tabela 1). Este total inclui quatro espécies que já desapareceram no Estado, três aves (gralhão, Daptrius americanus; uiraçu-falso, Morphnus guianensis; codorninha, Taoniscus nanus) e um mamífero (preguiça-de-três-dedos, Bradypus variegatus), indicando que os esforços de conservação devem ser incrementados para que outras espécies, principalmente aquelas que se encontram criticamente em perigo e que hoje representam uma parcela significativa das espécies ameaçadas (n=41 ou 25% do total ameaçado) não venham também a desaparecer em um futuro próximo.

A presente versão do Livro Vermelho dos animais ameaçados de extinção no Estado do Paraná contempla as seguintes categorias de ameaça:

 
Categorias de ameaça
  • RE - Regionalmente Extinta (Regionally Extinct): espécie que está sabidamente ou presumivelmente extinta no Estado. Esta é uma adaptação proposta por Gärdenfors et al. (2001), já que a categoria EX (Extinct) da IUCN é de caráter global.
  • EW - Extinta na Natureza (Extinct in the Wild): espécie que é considerada extinta na natureza por toda a sua área original de distribuição, incluindo o Estado do Paraná (pela adaptação de Gärdenfors et al., 2001), mas que ainda sobrevive em cativeiro, cultivo ou como populações naturalizadas.
  • CR - Criticamente em Perigo (Critically Endangered): espécie que, de acordo com os critérios específicos, está sob um risco extremamente alto de extinção na natureza.
  • EN - Em Perigo (Endangered): espécie que, de acordo com os critérios específicos, está sob um risco muito alto de extinção na natureza.
  • VU - Vulnerável (Vulnerable): espécie que, de acordo com os critérios específicos, está sob um risco alto de extinção na natureza.

Além destas categorias, existem outras que não implicam proteção legal:

  • NT - Quase Ameaçadas (Near Threatened): espécie que não está ameaçada no presente, mas que corre o risco de ficar ameaçada num futuro próximo.
  • LC - Preocupação Menor (Least Concern): espécie que não está ameaçada no presente e apresenta pouca probabilidade de se tornar ameaçada num futuro próximo.
E uma para espécies cujo nível de ameaça não pode ser medido em função da carência de informações a seu respeito:
  • DD - Dados Insuficientes (Data Deficient): espécie que necessita de mais dados, principalmente de abundância e distribuição, para que seu status possa ser corretamente avaliado.

Os casos omissos são dados como NE (not evaluated).


Objetivando facilitar comparações entre a presente lista paranaense, a atual lista nacional (Brasil, 2003) e outras listas de fauna ameaçada que utilizarem as categorias e critérios de IUCN (2001) e Gärdenfors et al. (2001), foi mantido em todos os textos o uso das siglas em língua inglesa adotada nos documentos citados: EX (quando há referência à lista nacional), RE, EW, CR, EN, VU, NT, LC, DD e NE.

Para a elaboração de listas regionais de espécies ameaçadas, Gärdenfors et al. (2001) recomendam ainda que se apresente, junto às categorias e critérios abreviados com as siglas citadas, uma proporção (%) da ocorrência global da espécie na região estudada. Contudo, ante os conhecimentos incompletos, deficientes e fragmentários da distribuição de uma parte relevante das espécies aqui tratadas, optou-se por não apresentar essa informação.

 
O que contém no Livro

LIVRO VERMELHO DA FAUNA AMEAÇADA NO ESTADO DO PARANÁ:

  • Fauna Ameaçada no Paraná: uma introdução;
  • Métodos e Organização Geral da Obra;
  • Referências Bibliográficas;
  • Mapa do Estado do Paraná identificando as Regiões Fitogeográficas do Paraná;
  • Mapa do Estado do Paraná localizando 229 Unidades de Conservação (AEIT, APA, ARIE, EE, FE, HF, PE, PF, PN, RB, RF e RPPN;

Principais itens tratados:

Nome Científico;

Nome Vulgar;

Classe;

Ordem;

Família;

Situação;

Categoria proposta para o Estado do Paraná;

Justificativa;

Distribuição;

Presença e situação nas Unidades de Conservação;

Informações Gerais;

Ameaças;

Medidas para a conservação;

Comentários adicionais;

Ocorrência da Espécie no Estado do Paraná;

Estados com registros confirmados.

MAMÍFEROS

Mamíferos – Introdução;

Mamíferos – Espécies Ameaçadas;

Mamíferos – Espécies DD (Espécies com dados Insuficientes);

Referências Bibliográficas;

Mamíferos fotos.

AVES

Aves – Introdução;

A ves - Espécies Ameaçadas;

Aves – Espécies NT (Espécies quase Ameaçadas);

Aves – Espécies DD (Espécies com dados Insuficientes);

Referências Bibliográficas;

Aves fotos.

RÉPTEIS

Répteis – Introdução;

Répteis – Espécies Ameaçadas;

Répteis – Espécies DD (Espécies com dados Insuficientes);

Referências Bibliográficas;

Répteis fotos.

ANFÍBIOS

Anfíbios – Introdução;

Anfíbios – Espécies Ameaçadas;

Anfíbios – Espécies DD (Espécies com dados Insuficientes);

Referências Bibliográficas;

Anfíbios fotos.

PEIXES

Peixes - Introdução;

Peixes - Espécies Marinhas Ameaçadas;

Peixes - Espécies de Água Doce Ameaçadas;

Peixes - Espécies de Água Doce NT (Espécies quase Ameaçadas);

Peixes - Espécies Marinhas DD (Espécies com dados Insuficientes);

Peixes - Espécies de Água Doce DD (Espécies com dados Insuficientes);

Referências Bibliográficas;

Peixes fotos.

ABELHAS

Abelhas – Introdução;

Abelhas – Espécies Ameaçadas;

Referências Bibliográficas;

Abelhas fotos.

BORBOLETAS

Borboletas – Introdução;

Borboletas – Espécies Ameaçadas;

Referências Bibliográficas;

Borboletas fotos.

 

Tenha uma cópia eletrônica do "Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Estado do Paraná".

Orientações: 

1. Baixe o arquivo de instalação, salvando-o em seu computador.
2. Extraia os arquivos em uma nova pasta (Recomenda-se os programas WinRar ou WiZip)
3. Execute o programa "Instalar.exe" existente nesta nova pasta.

"Livro Vermelho da Fauna Ameaçada no Estado do Paraná"  (compactado no formato .ZIP - 31MB). 

Outros arquivos importantes:

Revisão da Lista de Mamíferos Ameaçados  no Paraná / 2010

Lista Nacional da Fauna Ameaçada/2014

Lista Nacional da Flora Ameaçada

 

 

  • livro vermelho fauna ameaçada no estado do paraná