Meio Ambiente e Sustentabilidade

 

EDUCAÇÃO AMBIENTAL, CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE
Autor: Pedro Jacobi
Resumo: A reflexão sobre as práticas sociais, em um contexto marcado pela degradação permanente do meio ambiente e do seu ecossistema, cria uma necessária articulação com a produção de sentidos sobre a educação ambiental. A dimensão ambiental configura-se crescentemente como uma questão que diz respeito a um conjunto de atores do universo educativo, potencializando o envolvimento dos diversos sistemas de conhecimento, a capacitação de profissionais e a comunidade universitária numa perspectiva interdisciplinar. O desafio que se coloca é de formular uma educação ambiental que seja crítica e inovadora em dois níveis: formal e não formal. Assim, ela deve ser acima de tudo um ato político voltado para a transformação social. O seu enfoque deve buscar uma perspectiva de ação holística que relaciona o homem, a natureza e o universo, tendo como referência que os recursos naturais se esgotam e que o principal responsável pela sua degradação é o ser humano.

ENTENDER A SUSTENTABILIDADE
Apoio a professores do EM
Proposta elaborada para o Instituto Natura, Agosto 2014

O MERCADO SUSTENTÁVEL E A VALORIZAÇÃO DO ECOPRODUTO:ALGUMAS PERSPECTIVAS
Autores: JARDIM, Priscila Kelly da Silva e PAVAN, Luís Daniel
Resumo: A preocupação com produtos e processos que respeitam os limites do meio ambiente é crescente em todo o cenário mundial. Diversas ações são realizadas por meio de programas e estratégias de responsabilidade social e sustentabilidade para sensibilizar o consumidor, a indústria e o mercado. Nesse sentido, torna-se necessário refletir o crescente consumo do ecoproduto que se torna cada vez mais valorizado no mercado nacional e a posição da eco indústria como base para este novo mercado sustentável. O objetivo deste trabalho é discutir questões sobre a necessidade de um mercado sustentável e a valorização do ecoproduto na prática. Para tanto, utilizou-se como metodologia de pesquisa o levantamento bibliográfico de caráter exploratório e análise qualitativa. Sendo assim, destaca-se neste trabalho a reflexão da concepção de meio ambiente e sua problemática de preservação por meio da sustentabilidade. Também apresentou-se os mercados que envolve o consumo de eco produtos (produtos comerciáveis que não agridem a natureza), a eco indústria e sua devida importância, com destaque em duas situações práticas exemplificando a aplicabilidade desta nova tendência.

SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL - Vol. 3
Organizador: José Henrique Porto SIlveira
Coletânea de artigos brasileiros

O TRÁFICO DE ANIMAIS É CRIME
Governo do Paraná

POPULAÇÃO E MUDANÇAS AMBIENTAIS GLOBAIS
Autor: Roberto Luiz do Carmo
Resumo: O relatório mais recente do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, IPCC (2007), diminui as incertezas em relação às mudanças climáticas que já vinham sendo apontados há décadas. Nesse sentido, apresenta-se neste artigo uma discussão sobre os possíveis efeitos das mudanças ambientais globais, decorrentes das mudanças climáticas, sobre aspectos da dinâmica demográfica. O que se evidencia é que tais mudanças ambientais tendem a potencializar mudanças nos índices de mortalidade e morbidade, assim como provocar situações que implicam na necessidade de realocação de grupos populacionais, com reflexos na redistribuição espacial da população. As informações foram trabalhadas a partir da perspectiva analítica dos estudos da relação entre população e ambiente, considerando dois níveis espaciais: o global e o nacional. Um dos aspectos destacados é que, caso se configurem em curto período de tempo, as mudanças ambientais globais podem acentuar a vulnerabilidade social dos grupos sociais em piores condições econômicas, em função da amplificação das situações de risco já existentes.